1. Blogue
  2. Ajuda para o Currículo
  3. Como escrever uma carta de apresentação - guia especializado [2023]
Escrito por Paul DruryPaul Drury

Como escrever uma carta de apresentação - guia especializado [2023]

16 min. de leitura
Como escrever uma carta de apresentação - Guia especializado [2023]
Aqui encontrará exatamente como escrever uma carta de apresentação que se destaca e que o ajudará a conseguir essa entrevista.

Quando os candidatos a um emprego refletem sobre como redigir uma carta de apresentação, muitos entram em pânico. Escrever uma carta de apresentação para um emprego é diferente de escrever um currículo. É preciso injetar alguma personalidade e definir o tom para as suas próximas comunicações.

Neste guia, mostramos-lhe os truques e estratégias de como redigir uma boa carta de apresentação para um emprego, que deixará os responsáveis pela contratação e recrutadores ansiosos por entrar em contacto consigo. Quer esteja a escrever uma carta de apresentação para um trabalho de recém-licenciado ou para uma função de direção, estudaremos todas as vias:

  • Explorar o formato da carta de apresentação;
  • Por que razão é importante uma carta de apresentação?
  • Como começar a carta de apresentação;
  • Redigir a parte central da carta de apresentação;
  • Como terminar uma carta de apresentação:
  • Como escrever uma carta de apresentação e evitar erros.

Explore a essência do seu “porquê” na sua carta de apresentação.

Para muitas entidades empregadoras, as cartas de apresentação contêm as notas de individualidade e a paixão que as limitações formais de um currículo não apresentam. Se tiver uma página em branco para preencher, pode escrever o que quiser. Dentro do razoável. As grandes cartas de apresentação destilam a essência do “porquê” de um candidato. Permitem-lhes falar diretamente com o responsável pela contratação num formato livre. Não seria difícil explicar as motivações numa carta de apresentação para um cargo de rastreador de contactos, por exemplo. Todos fomos afetados pela Covid-19.

Explorando o formato da carta de apresentação

Apesar de a estrutura básica da maioria das cartas de apresentação ser semelhante, há uma miríade de nuances sobre como formatar uma carta de apresentação. Iremos explorar juntos o formato da carta de apresentação pormenorizadamente no resto do artigo. Para começar, aqui fica um exemplo de um formato de carta de apresentação do Onlinecurriculo que foi dividido em componentes individuais:

  • Cabeçalho;
  • Saudação;
  • Introdução;
  • Corpo da carta de apresentação;
  • Conclusão.

Por que razão é importante uma carta de apresentação?

Uma carta de apresentação compensa a fraqueza de um currículo, aprofundando as lacunas, adicionando contexto e estabelecendo uma ligação emocional com o responsável pela contratação. Por último, mas não menos importante, ajuda o candidato a destacar-se no mercado de trabalho competitivo de hoje.

As cartas de apresentação são tão importantes como os currículos. É um facto.

Uma sondagem da AJobvite em 2015 concluiu que apenas 10% das cartas de apresentação são lidas. Se considerar que uma carta de apresentação provavelmente apenas será lida se um currículo preencher todos os critérios, será esta estatística realmente útil para um candidato sólido?

Sabe quantas candidaturas de carácter especulativo são enviadas para cada vaga, sendo que os candidatos têm pouca ou nenhuma esperança de sucesso? Muitas, mesmo. Agora, ponha em perspetiva esses 10% de cartas de apresentação lidas. Interessante.

A única altura em que não deve enviar uma carta de apresentação é quando lhe é explicitamente dito para não o fazer na descrição do cargo. Se essa instrução não estiver lá, comece a pensar em como escrever a sua carta de apresentação.

Como começar uma carta de apresentação

Uma carta de apresentação começa com três elementos fundamentais. O cabeçalho, a saudação e a introdução da carta de apresentação. Cada um destes elementos tem o seu próprio objetivo e função, pelo que iremos explorar seguidamente a forma de escrever uma carta de apresentação.

Se estiver sentado a olhar para um ecrã em branco e a perguntar-se como iniciar uma carta de apresentação, pode ficar descansado pois não está sozinho. Seguramente terá algumas perguntas importantes sobre como começar:

  • O que devo colocar na secção do cabeçalho da carta de apresentação?
  • Como escrever a saudação de uma carta de apresentação?
  • O que devo incluir na introdução?
  • Que tom de voz deverei adotar na minha carta de apresentação?
  • Como posso ter a certeza que é relevante para a descrição do trabalho?

Não menospreze o cabeçalho da carta de apresentação

Se a entidade empregadora estiver a considerar chamá-lo para uma entrevista, terá de facilitar o mais possível o processo. Os sistemas de acompanhamento de candidatos esperam que as suas informações de contacto (incluindo o seu nome completo, número de telefone, endereço de e-mail e até o perfil do LinkedIn, se necessário) estejam na secção do cabeçalho da carta de apresentação (ou próximo dela, dependendo do design da carta de apresentação), sendo que mesmo o espaço branco que o cabeçalho cria faz com que a mente do leitor pare antes de absorver o espírito da sua carta.

Como escrever a saudação de uma carta de apresentação

Não sei quantas vezes já mencionámos isto nos nossos vários guias de cartas de apresentação, mas é essencial acertar nas coisas mais simples, para se evitarem distrações não desejadas. Encontrar a forma correta de saudação com apelido (ou nome da equipa) é a chave para se começar da melhor forma.

A maioria das cartas deve começar com uma variante de “Caro Sr. Ferreira”, "Cara Equipa de Contratação” ou “Cara Equipa da Empresa ABC”. Em alternativa, “Cara Família da Empresa ABC” ou “Saudações” pode adaptar-se melhor a uma cultura mais informal. Assim como não apareceria de fato se toda a gente estivesse vestida de forma casual, também a sua saudação deverá adaptar-se à cultura.

Como escrever a introdução de uma carta de apresentação

Depois da saudação, o primeiro parágrafo é onde as coisas ficam sérias. A sua introdução na carta de apresentação merece realmente estar na corrida para este emprego? Chame a atenção deles, seja breve e faça-os querer ler mais.

Surpreenda-os com um feito incrível, inclua um número para obter um impacto maior ou mencione o nome de um empregador anterior impressionante ou que ganhou um prémio. Mais importante, tem de ser relevante para o cargo em questão. É preciso fazê-los querer ler mais. Embora a sua carreira seja muito mais do que esta frase, tem de criar algum estímulo que os leve a convidá-lo para uma entrevista.

O parágrafo introdutório de uma carta de apresentação deve fazer com que o seu futuro empregador queira saber mais. Se quer partilhar uma contribuição impactante, desperte o interesse com uma história mais pessoal ou simplesmente realce os seus anos de experiência, as poucas linhas introdutórias precisam de ser impressionantes.

1. Qual o seu impacto no mundo e como é que ele foi reconhecido?

“Tendo contribuído para a conceção e produção de mais de 35 dispositivos utilizados por milhões de pacientes na última década, a Coimbra Engineering elegeu-me recentemente como um dos cinco principais engenheiros mecânicos no setor dos dispositivos médicos.”

2. Adicione uns toques pessoais para explicar a forma como faz a diferença

Como alguém cuja ligeira dislexia permaneceu sem diagnóstico durante toda a sua infância, sei o que é uma luta silenciosa.  Cada criança tem os seus problemas, grandes ou pequenos, e a minha função como auxiliar do ensino primário é usar as minhas competências e empatia para facilitar o progresso desses alunos.

Carta de apresentação com 300 palavras: Como escrever uma primeira mensagem a um responsável pela contratação (com exemplos). Uma mensagem a um responsável pela contratação no início do processo de contratação poderá tomar dois rumos. Aqui fica o que precisa realmente para ter a certeza de que consegue aquela entrevista tão importante.

A parte intermédia de uma carta de apresentação

Depois de ter escrito uma poderosa introdução, tem agora a liberdade para explorar os aspetos da sua história profissional que considere mais relevantes para o cargo, na parte intermédia da sua carta de apresentação (os parágrafos centrais da carta de apresentação).

Baseie os parágrafos centrais da sua carta de apresentação em torno dos requisitos da função. Descreva de que forma a sua contratação faria a diferença. Use exemplos para apoiar as suas afirmações e confie nas suas asserções.

Estes dois parágrafos serão vistos como a parte fulcral da sua candidatura. Escolha cuidadosamente os seus exemplos e as suas palavras. Numa carta de apresentação para uma posição de rastreador de contactos, deveria partilhar exemplos de situações em que trabalhou numa tarefa difícil até à sua conclusão, com atenção aos detalhes e uma crença inabalável naquilo que estava a fazer.

A utilização de pontos de enumeração nesta secção pode criar um poderoso impacto e permitir-lhe abordar diferentes realizações numa pequena secção da página. Não hesite em utilizar os caracteres a negrito em certas secções do cabeçalho para chamar a atenção. Uma página cheia de texto é incrivelmente difícil de ler e processar.

1. Explore as suas motivações para querer este cargo

A minha paixão continua a ser ajudar adultos diagnosticados psiquiatricamente na transição de um internamento de longa duração e a reintegrarem-se na comunidade. Como alguém cuja mãe sofreu com uma ligeira esquizofrenia durante toda a sua vida, esta é uma experiência que me toca profundamente.

2. Lance as sementes de tudo o que deseja abordar numa potencial entrevista.

Um dos meus talentos é identificar as combinações de sabores (adquiridos em 18 meses de viagem pelo Extremo Oriente) e a minha inovação, que me distingue. Gostaria de vos mostrar como cozinho o meu Galbi de inspiração coreano-mexicana.

3. Escreva com base na perspetiva daquilo que o empregador necessita realmente.

Entre outros desafios, espera que os seus estagiários analisem a cobertura da imprensa, façam a gestão das campanhas das redes sociais dos seus clientes e escrevam artigos de imprensa persuasivos. Precisa que tenham uma mente analítica apurada, uma abordagem inteligente com vista à maximização do alcance social e uma forma fascinante de usar as palavras.

Como mencionar as suas realizações numa carta de apresentação

Uma carta de apresentação não deve ser uma lista de responsabilidades ou deveres passados. Deve incidir sobre as suas conquistas e a forma como estas aconteceram. A maneira de incluir as conquistas numa carta de apresentação é um quebra-cabeças que tem atormentado muitos candidatos. Mas com a ajuda de bons conselhos e de verbos de ação adequados, temos a certeza de que conseguirá ultrapassar isso com uma perna às costas.

  • Como poderá provar que vai conseguir atingir os KPI do seu futuro cargo?
  • Que histórias quer contar mais detalhadamente durante a entrevista?
  • Que tarefas assumiu e como é que os resultados beneficiaram a sua empresa?
  • Que diferentes tipos de sucessos poderá partilhar?
  • Como redigir uma carta de apresentação com poderosos verbos de ação.
  • E o que dizer da cronologia e do contexto das suas realizações?

Uma realização mencionada numa carta de apresentação consiste geralmente em 3 partes:

  • Verbo de ação para demonstrar a competência;
  • Tarefa específica concluída;
  • Resultado quantificável para a minha empresa.

Seja seletivo. Escolha apenas as realizações mais relevantes. Não se esqueça de as discutir mais detalhadamente durante uma entrevista.

Escolha os melhores verbos de ação para a sua carta de apresentação

As melhores realizações iniciam-se sempre com um verbo de ação exclusivo. Selecionámos mais de 300 dos mais impressionantes entre 15 diferentes categorias, para o ajudar a escolher os melhores verbos de ação para a sua carta de apresentação.

  • Realce as suas concretizações, utilizando vocabulário sugestivo;
  • Evite clichés ou uma linguagem passiva, para fazer com que a sua carta de apresentação se distinga;
  • Use verbos “melhores” mas semelhantes aos da descrição da vaga.

Tire o máximo partido de pontos na carta de apresentação

A utilização de pontos de enumeração na carta de apresentação é um recurso literário incrivelmente poderoso em qualquer texto de caráter persuasivo. Ao “vender” os seus feitos a uma potencial entidade empregadora (quando o espaço é limitado), não há melhor maneira de transmitir os aspetos quantificáveis da sua candidatura quando considerar a forma de escrever uma carta de apresentação.

Quando um recrutador vê pontos de enumeração numa carta de apresentação, espera imediatamente ler números e percentagens impressionantes. Poderá ser, provavelmente, a parte da carta que mais tempo lhe ficará na mente. Aqui ficam alguns exemplos:

  • A disponibilidade em prateleira foi em média de 99,2% e a redução manteve-se abaixo de 0,5% (meta de 1%);
  • Criação de um sistema premiado de faturação na cloud e acompanhamento de atividade de mais de 800 funcionários temporários;
  • Analista principal num processo de fusão e aquisição no valor de $850M (aquisição de recursos naturais entre os EUA/Arábia Saudita);
  • Crescimento das vendas anuais em 120%, impulsionado por um aumento de mais de 50% de clientes e 30% dos valores de transação.

Após ler os seus pontos de enumeração, o recrutador deverá ficar a pensar no que poderá conseguir na empresa. Se a informação não for empolgante, não deverá estar lá.

Como terminar uma carta de apresentação

A conclusão da sua carta de apresentação é o seu apelo à ação. Em vez de terminar com um final pouco inspirador, é fundamental que pense tanto em como terminar a sua carta de apresentação como pensou na introdução e no corpo.

  • São múltiplos os sentimentos com os quais pode querer terminar;
  • É importante acertar no tom adequado para terminar da melhor forma;
  • Como quer que o responsável pela contratação se sinta depois de terminar de ler a sua carta de apresentação?
  • Não tenha vergonha de acrescentar que está ansioso por uma entrevista;
  • O que posso usar em vez de “atenciosamente” ou “melhores cumprimentos”?

1. Certifique-se de que as características se adequam à função que irá desempenhar

Tenho espírito de equipa, sou um planeador meticuloso e presto imensa atenção aos detalhes. Preocupo-me sempre com a possibilidade de cometer algum erro.

2. Crie uma ideia de como é trabalhar consigo

Quando crio um plano de cuidados fisioterapêuticos para um jogador, certifico-me de que este se adapta de forma abrangente às suas necessidades. Não se pode fazer isso sem uma abordagem intensamente pessoal e compassiva e, como tal, sinto-me ainda parte de uma equipa mais vasta. É como estar de volta ao campo.

O corpo da carta de apresentação apresentou os argumentos persuasivos e os pontos de enumeração sublinharam os factos indubitavelmente impressionantes. A conclusão dá-lhe uma última oportunidade de descrever algumas das suas características mais pessoais.

Crie o seu currículo em 15 minutos
Crie o seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais e testados, que seguem exatamente as “regras de currículo” dos recrutadores.
Criar o meu currículo
Partilhe este artigo
Continue a ler
Ajuda para o Currículo4 min. de leitura
Como fazer um currículo para um primeiro emprego
Como fazer um currículo para um primeiro emprego
Carreira17 min. de leitura
Os empregos mais bem pagos e como consegui-los
Os empregos mais bem pagos e como consegui-los
Carreira46 min. de leitura
Como criar um perfil impressionante no LinkedIn
Como criar um perfil impressionante no LinkedIn
Carreira11 min. de leitura
Como escrever uma carta de demissão (com exemplos e modelos)
Como escrever uma carta de demissão (com exemplos e modelos)
Pesquisar Todos
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador e para efeitos de analítica e de marketing. Ao utilizar o nosso website, autoriza todos os cookies em conformidade com a nossa Política de Cookies e Política de privacidade.
Aceitar Cookies