1. Blogue
  2. Ajuda para o Currículo
  3. 10 competências de liderança a incluir no seu currículo + exemplos
Escrito por Paul DruryPaul Drury

10 competências de liderança a incluir no seu currículo + exemplos

18 min. de leitura
10 competências de liderança a incluir no seu currículo + exemplos
Arte por:Tanya Vino
A partilha das suas competências de liderança é essencial para garantir o emprego dos seus sonhos. Portanto, quais são as que deve incluir no seu currículo e como deve falar sobre elas?

As competências de liderança estão sempre no topo da lista de prioridades de um recrutador. 

Não importa a sua experiência ou a função em que trabalha, fazer as coisas acontecer é fundamental para a maioria das funções. A demonstração destas competências de liderança no seu currículo e carta de apresentação é, por conseguinte, um passo importante para conseguir uma entrevista.

Se tem um conjunto de competências excecionais já é uma mais-valia, mas se for capaz de melhorar o desempenho dos que o rodeiam, esse valor será multiplicado. Os bons líderes melhoram o rendimento do coletivo. Isso é, de facto, um bem valioso.

Com a variedade e a especificidade das competências de liderança que poderia mencionar, como deve decidir quais são as mais importantes e como as pode incluir no seu currículo? Quais as necessidades em termos de liderança das pessoas que estarão à sua volta? O que faria maior diferença para a empresa? Vamos considerar o seguinte:

  • O que são competências de liderança?
  • Que competências de liderança são mais valorizadas pelas entidades empregadoras?
  • Como incluir competências de liderança no seu currículo?
  • 10 competências de liderança com exemplos para o seu currículo
  • Como contar a sua história em termos de liderança na sua carta de apresentação

O desenvolvimento das suas competências de liderança fará a diferença para si, para os que o rodeiam e para a sua entidade empregadora. Os líderes não nascem, constroem-se. Conte ao seu futuro patrão a história de como se tornou o líder que é hoje. A liderança é uma jornada e o seu futuro chefe espera que as suas capacidades de liderança cresçam ainda mais junto dele. Ele terá todo o interesse em apoiá-lo neste objetivo.

Dica profissional

Não sou um gestor. Porque é que as competências de liderança são importantes para mim?

Não é necessário ser gestor para se ser um líder. Se os seus colegas o procuram para obter orientação, é um líder. Se toma uma decisão que as outras pessoas respeitam, é um líder. Se se voluntaria para uma tarefa difícil e dá o exemplo, é um líder. Se conseguir abordar estas situações no seu currículo e durante a sua procura de emprego, a sua futura entidade empregadora poderá vê-lo também como um líder.

O que são competências de liderança?

Os grandes líderes acompanham os seus colaboradores numa jornada de desenvolvimento pessoal e de sucesso empresarial. Tanto os desafios como a estrutura das suas equipas variam, pelo que o conjunto de competências de liderança que qualquer líder terá de implementar em qualquer momento vai mudar em função das exigências da situação que enfrenta.

Cada competência de liderança (tal como qualquer comportamento) tem muitas particularidades e a sua eficácia depende muito da forma como é aplicada. 

Delegar uma tarefa educadamente, apresentando uma razão e certificando-se de que existe um benefício para a pessoa que a executa, será provavelmente um sucesso. Mandar alguém fazê-lo sem rodeios poderá não o ser.

Cada líder é diferente e há certos aspetos do exercício da liderança com os quais se identifica mais. Tal como acontece com a adaptação cultural, se a liderança for adequada para si e para a sua futura entidade empregadora, as suas probabilidades de conseguir o emprego aumentarão significativamente.

Como destacar as suas capacidades de liderança ao candidatar-se a um emprego

Um dos indicadores mais simples das suas capacidades de liderança no seu currículo é o seu título profissional. Em termos das expectativas dos futuros empregadores, ter a palavra "gestor" ou "chefe de equipa" no final do seu título causará uma impressão favorável. É exatamente por este motivo que vale a pena negociar com as entidades empregadoras títulos que soem bem, mas resista à tentação de os inventar para o seu currículo. Não é difícil de verificar.

Curiosamente, o lugar onde nunca deve enumerar as suas competências de liderança é na secção de competências do currículo. Deverá ser capaz de demonstrar os comportamentos e impactos da sua liderança, pelo que uma breve descrição de "capacidades influenciadoras" não será suficiente. As competências do currículo devem reservar-se para as competências técnicas mais difíceis que o farão destacar-se da concorrência.

Os melhores locais para incluir as competências de liderança de forma orgânica na história da sua carreira são o resumo do currículo e a secção do histórico profissional. A sua futura entidade empregadora saberá o que está envolvido nas suas várias realizações, pelo que, embora possa não ser explícito sobre as competências utilizadas, ela será capaz de ler nas entrelinhas.

Dica profissional

Qual é a competência de liderança mais importante?

Se um líder não for proficiente na comunicação escrita e oral, todas as outras competências tornam-se muito menos eficazes. De nada serve a criatividade se não conseguir transmitir a sua visão às outras pessoas. Não adianta planear se ninguém compreender o seu papel. A gestão da mudança falhará no primeiro obstáculo, uma vez que não existe uma orientação clara. A comunicação constitui a base de tudo o que diz respeito à liderança.

10 Competências de liderança com exemplos para o seu currículo

Estas dez principais competências de liderança fazem parte do conjunto de ferramentas interpessoais de qualquer líder.

1. Criatividade

Ser um veículo de inovação e criatividade no comando de uma equipa é uma das qualidades de liderança mais poderosas. Se as pessoas tiverem um líder que aceite ouvir as suas ideias e lhes dê a oportunidade de provar o seu valor, tomarão decisões corajosas e ultrapassarão os limites da concorrência. 

Perspetivas variadas geram soluções inesperadas numa equipa criativa, sendo que nunca se sabe quando vai surgir a próxima ideia brilhante. Esta capacidade de liderança faz de si uma pessoa de referência para ideias inovadoras.

Exemplo

"Desenvolvi uma forma totalmente nova de recrutar pessoal para o serviço de apoio ao cliente, recorrendo a publicidade junto dos nossos clientes mais fiéis. As pessoas adoram a marca, portanto houve um aumento de 45% nas candidaturas."

Copiado!

2. Planeamento

Definir objetivos, ultrapassar marcos e alcançar metas é o combustível de uma equipa eficiente com ambições. Os funcionários ambiciosos apenas adquirem conhecimentos durante a jornada, pelo que uma boa capacidade de planeamento ajuda a manter a equipa no bom caminho. Os líderes recorrem a competências de mediação e de resolução de problemas para manter os projetos em andamento, sendo que a gestão do risco desempenha frequentemente um papel importante na preparação para os inevitáveis obstáculos imprevistos.

A maioria das pessoas numa empresa tem tantas coisas a fazer que tem dificuldade em planear. Se houver um líder que consiga juntar todas as tarefas relevantes num plano coeso, todos se sentem mais seguros no seu trabalho.

Exemplo

"Mediei uma sessão de planeamento para um projeto com mais de 30 colaboradores internos e 10 externos. Consegui gerir o processo crítico e terminei 15% antes do prazo."

Copiado!

3. Gestão de pessoas

A gestão das diferentes personalidades das pessoas que o rodeiam e a formação de uma equipa coesa que caminha na direção certa estão no centro da gestão de pessoal. São necessárias inúmeras competências de liderança para proporcionar a todos o espaço e a oportunidade de se desenvolverem em conjunto. 

O recrutamento da equipa certa e a sua retenção é uma medida fundamental do sucesso, mas por vezes é preciso ver as pessoas que mudaram para coisas melhores. Ter competências de gestão de pessoas significa fazer a diferença para os outros em seu benefício, colhendo os frutos enquanto estão consigo, mas sabendo que também sairão por sua causa.

Exemplo

"Transformei um grupo de jovens licenciados na equipa de vendas mais bem-sucedida da história da empresa. 70% deles já foram promovidos e seguiram em frente."

Copiado!

4. Adaptabilidade

Resistir aos golpes e adaptar-se quando precisa de o fazer (ou mesmo antes de ter de o fazer) é um atributo fundamental de qualquer líder. Quando a sua equipa atinge um determinado nível de dinamismo não é fácil uma mudança, mas quanto mais adaptável for o líder, mais facilmente os seus colaboradores poderão fazer a transição de um objetivo para outro. 

Responda de forma responsável à mudança, verifique se está no caminho certo e nunca pare de interagir. Uma das principais competências de liderança é saber quando deve mudar a sua abordagem de liderança. Se o ambiente à sua volta mudar, precisa de se adaptar com ele.

Exemplo

"Ao apercebermo-nos de que o nosso projeto não estava a conseguir atingir as metas, redefinimos as nossas ambições, alterámos o objetivo e procurámos um novo parceiro para eventualmente atingirmos o nosso alvo orçamental."

Copiado!

5. Comunicação

A transmissão das suas ideias e das ideias da sua equipa a um público alargado é fundamental para conseguir que todos participem e trabalhem em sintonia. As relações melhoram, há menos conflitos e é possível apresentar ideias inovadoras. Quando as pessoas têm conhecimento das ideias dos outros, podem modificar o seu discurso e os seus comportamentos de forma a criarem uma atmosfera harmoniosa e produtiva. 

As competências de escrita não podem ser subestimadas no arsenal do líder: influenciar outras pessoas que leem as suas palavras é uma competência de comunicação essencial. Também é um facto que todo o grande líder deve ser um bom ouvinte. É uma competência importante para qualquer líder.

Exemplo

"Fui o redator de propostas preferido da nossa equipa de aquisições, ganhando mais de 60% dos concursos. 2000 palavras podem fazer a diferença, caso sejam as palavras certas."

Copiado!

6. Visão

Por vezes, é necessário ter-se um pensamento estratégico para se ser capaz de prever o que está para vir. Pensar em termos globais significa questionar constantemente se está no caminho certo para um destino que pode ficar ainda bem distante. As suas capacidades analíticas neste tipo de previsão do futuro devem ser de topo e deve estar sempre atento ao mercado para detetar quaisquer mudanças que possam alterar o seu caminho.

As competências de liderança envolvem levar a sua equipa numa jornada: os melhores líderes partilham a visão do futuro e traçam o caminho para lá chegar.

Exemplo

"Identifiquei uma tendência na gestão de clientes na área da BioNTech que nos permitiu aumentar em 75% os nossos pontos de contacto de marketing com os clientes"

Copiado!

7. Capacidade de decisão

Um dos papéis de um líder é o de tomar decisões difíceis que poderiam correr bem ou mal. É raro haver um consenso total em qualquer equipa, pelo que a capacidade de decisão se revela uma competência de liderança fundamental. As pessoas seguem um líder porque confiam no seu julgamento; um líder que hesita e se mostra constantemente inseguro não inspira ninguém. 

Seja corajoso, arrisque e tome decisões tendo por base os dados e as opiniões mais fiáveis que tiver à sua disposição em cada momento. Toda a gente tem dúvidas que atormentam os seus sonhos, e embora um líder não deva esconder a sua vulnerabilidade, é um exemplo útil para aqueles que o seguem se for visto como alguém que tem a coragem de ter as suas convicções.

Exemplo

"Perante o prazo de uma semana para decidir sobre a direção final da marca, trabalhámos muitas noites para podermos tomar a melhor decisão possível."

Copiado!

8. Gestão da mudança

Entender a mudança, ultrapassar a resistência à mudança e depois implementá-la é um ciclo constante de renovação e reavaliação para qualquer líder. A capacidade de liderança na gestão da mudança exige uma forte vocação para o processo e a capacidade de compreender a relação entre as diferentes engrenagens do sistema. 

É necessário um líder para conduzir a mudança e comunicar a visão, uma vez que o processo raramente se faz sem obstáculos. Muitas vezes, os responsáveis pelo desenvolvimento de negócios demonstram este facto nos seus currículos.

Exemplo

"A mudança de 60% da equipa após uma fusão de empresas não foi uma proposta simples, mas recuperámos e conseguimos ultrapassar o nosso orçamento em 4 meses."

Copiado!

9. Delegação

Nenhum chefe consegue fazer tudo sozinho e só os piores o tentam fazer. Quando tem uma montanha de trabalho pela frente, precisa de perceber qual a melhor pessoa para o fazer (e também quem beneficiaria ao fazê-lo). Delegar uma tarefa difícil a uma pessoa e orientá-la ao longo da mesma é uma das melhores formas de alcançar os seus objetivos. 

Não tem de lhe dizer o que fazer, apenas tem de a orientar na direção certa e dar-lhe um empurrãozinho sempre que necessário. Resista à tentação de controlar as pessoas demasiadas vezes. Mostre à sua equipa e aos seus colegas que confia neles para fazerem o melhor trabalho possível relativamente às tarefas que lhes atribuiu.

Exemplo

"Precisávamos de poupar 300 mil euros em custos antes das negociações orçamentais, por isso integrámos na equipa um perito em aquisições que trabalhou connosco e conseguiu obter 425 mil euros."

Copiado!

10. Competências de influência

Entender os outros e aproveitar as suas motivações para ajudar a concretizar os seus objetivos é a essência de uma influência eficaz. Persuadir os outros funciona melhor se encarar as questões do ponto de vista deles, sendo que os melhores líderes passam a maior parte do tempo a pensar no seu rumo do ponto de vista das pessoas que os rodeiam. 

A construção de relações estreitas e a gratidão para com todos os envolvidos no seu sonho irão levá-lo muito longe. Não há nada mais mágico do que compreender por que razão alguém poderá estar interessado em fazer alguma coisa e depois ver os seus olhos a brilharem quando lhe diz isso. A maioria das pessoas tem uma visão de túnel.... expanda as suas perspetivas.

Exemplo

"Anteriormente, os departamentos de vendas e de marketing não eram muito próximos, por isso fizemos trocas de funcionários durante um período de três meses para ter uma perspetiva diferente."

Copiado!
Dica profissional

Mais 8 características de um bom líder

Motivação – A capacidade de levar os seus colaboradores a superar tarefas impossíveis.

Auto-conhecimento – Conhecer-se a si próprio é fundamental para perceber o seu impacto nos outros.

Gestão de tempo – Se não tiver o controlo do seu dia, surgirá rapidamente o caos.

Concentração – Os líderes têm cento e uma prioridades, por isso concentre-se naquelas que são mais importantes.

Responsabilidade – Ser um líder é a responsabilidade máxima. Consegue lidar com isso?

Organização – Quando se tem uma equipa, tem de manter inúmeros pratos a girar ao mesmo tempo.

Consistência – As pessoas confiam em si se conseguir cumprir a sua missão de forma consistente.

Honestidade – Esta característica é rara nos quadros superiores, mas se for honesto, será seguido.

Mencionar as competências de liderança numa carta de apresentação

A natureza flexível de uma carta de apresentação permite incluir um aspeto mais humano na sua história de liderança. Enquanto que um currículo é tradicionalmente mais factual, uma carta de apresentação cobre mais o aspeto comportamental. 

As histórias que escolher para contar devem estar em consonância com os tipos de situações de liderança que irá enfrentar na sua nova função. Não hesite em adaptar a sua carta de apresentação se achar que certos tipos de comportamento poderão não ser habituais. Não há nada pior para uma potencial entidade empregadora do que ler uma carta de apresentação e pensar "Bem, este tipo de coisas não costuma acontecer por aqui". As competências de liderança são fantásticas se forem as competências de liderança certas.

Escolha verbos de ação adequados para dar às suas histórias de liderança um impacto adicional e certifique-se de que quantifica a sua contribuição da forma mais clara possível (destacando ao mesmo tempo o papel dos que o rodeiam). Os verdadeiros líderes não se preocupam apenas com eles.

Conclusões Principais

  • As competências de liderança são algumas das capacidades que mais interessam aos recrutadores, pelo que deve prestar atenção ao sítio e à forma como as inclui na sua candidatura.
  • A secção de competências do currículo é, por ironia, o local menos eficaz para mostrar competências de liderança; em vez disso, tente apresentar as suas realizações na secção do histórico profissional.
  • A sua carta de apresentação permite-lhe fornecer ainda mais detalhes sobre as situações em que demonstrou capacidades de liderança.
Crie o seu currículo em 15 minutos
Crie o seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais e testados, que seguem exatamente as “regras de currículo” dos recrutadores.
Criar o meu currículo
Partilhe este artigo
Continue a ler
19 min. de leitura
Competências pessoais para currículos
Competências pessoais para currículos
Ajuda para o Currículo10 min. de leitura
Como incluir distinções num currículo (com exemplos)
Como incluir distinções num currículo (com exemplos)
Ajuda para o Currículo12 min. de leitura
Como carregar o seu currículo no LinkedIn (3 métodos)
Como carregar o seu currículo no LinkedIn (3 métodos)
Carta de Apresentação16 min. de leitura
Como formatar uma carta de apresentação em 2024: exemplos e dicas
Como formatar uma carta de apresentação em 2024: exemplos e dicas
Pesquisar Todos
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador e para efeitos de analítica e de marketing. Ao utilizar o nosso website, autoriza todos os cookies em conformidade com a nossa Política de Cookies e Política de privacidade.
Aceitar Cookies