1. Blogue
  2. Ajuda para o Currículo
  3. Listar os seus interesses no currículo
Escrito por Rolf BaxRolf Bax

Listar os seus interesses no currículo

4 min. de leitura
Listar os seus interesses no currículo
Ao incluir os seus interesses pessoais no seu currículo, poderá acrescentar um toque pessoal ao que o caracteriza. Neste artigo, vamos discutir por que razão é aconselhável, por vezes, incluir interesses no seu currículo.

Utilize o seu currículo (CV) para se candidatar a um emprego. O currículo proporciona-lhe a oportunidade de realçar as suas qualidades profissionais, mas não deixa de ser um documento bastante sóbrio e profissional. Poderá dar um toque pessoal ao seu currículo, incluindo uma breve exposição dos seus interesses. Neste artigo, ficará a saber por que razão é por vezes aconselhável incluir (alguns) dos seus interesses no seu currículo e como deve fazê-lo.

Dicas para listar os seus interesses num currículo

Poderá valer a pena incluir os seus interesses no seu currículo, embora por vezes isso possa não acontecer. Talvez não se aperceba, mas o que lhe interessa fora do trabalho também pode ser útil no emprego. Os recrutadores procuram este tipo de coisas e certificam-se sempre de ler sobre como os candidatos gostam de passar o seu tempo livre. 

De seguida, apresentamos-lhe alguns exemplos para o ajudar a perceber o que os recrutadores podem deduzir sobre si a partir dos seus interesses. Se gosta de reparar motas, é provável que seja paciente e tenha conhecimentos técnicos abrangentes. Se gosta de pintar, é provável que tenha olho para os pormenores e muita criatividade. Se tem cinco cães, é provável que seja carinhoso e tenha grande capacidade de organização. Os seus interesses têm a ver com aquilo que o entusiasma, o que significa que é capaz de lhes dedicar inúmeras horas. Se as qualidades de que necessita para os seus interesses também forem necessárias no local de trabalho, rapidamente se sentirá em casa.

Como enumerar competências especiais no seu currículo - Dicas, exemplos de formatação e palavras-chave para enumerar competências especiais no seu currículo, que o recrutador vai adorar.

Interesses a incluir num currículo

Talvez tenha interesses que estejam relacionados com um curso ou programa de formação que o seu futuro empregador possa disponibilizar. Talvez goste de algo que se torne relevante de alguma forma na altura em que for promovido. Como deve ter percebido, estamos a ser um pouco vagos, uma vez que as possibilidades são praticamente ilimitadas. O nosso conselho é, portanto, o de considerar a inclusão de interesses pouco comuns no seu currículo. Por mais irrelevantes que possam parecer para o emprego a que se está a candidatar, o seu potencial empregador pode ver neles um ponto de partida para o seu desenvolvimento profissional.

Interesses num CV que resultam num "clique"

Os responsáveis pela contratação são seres humanos. Talvez a sua formação académica e profissional não seja suficiente para chamar a atenção dos recrutadores logo de início. No entanto, talvez mudem de ideias quando lerem sobre os seus interesses. Afinal de contas, nem toda a gente joga ténis de mesa ou gosta de cavalos. Os seus interesses podem ser uma excelente forma de quebrar o gelo durante uma entrevista de emprego; um recrutador gosta de ouvir os candidatos falarem com paixão sobre um assunto. O entrevistador poderá então comparar o entusiasmo e a facilidade com que fala dos seus interesses com o interesse que demonstra pela vaga.

Como incluí-los no seu currículo 

Se acabou de entrar no mercado de trabalho e pretende enriquecer um pouco o seu currículo, pode optar por incluir os seus interesses em forma de lista. Por outras palavras, utilize uma linha para cada interesse. É provável, no entanto, que já tenha alguma experiência profissional e não queira desperdiçar espaço. Nesse caso, o melhor é enumerar os seus interesses sequencialmente, como mostra o exemplo de interesses do currículo seguinte.

Exemplo

Interesses: Ásia Oriental, mobiliário antigo, sociologia

Copiado!

Interesses pessoais: O que não incluir

Por muito bom que seja adicionar um toque pessoal ao seu currículo, há algumas fronteiras que não deve ultrapassar. Sinta-se à vontade para incluir quaisquer interesses no seu currículo que não pareçam de mau gosto ou que deem a impressão de que podem interferir com o seu desempenho profissional. No entanto, também não deve parecer demasiado fútil. Aqui ficam apenas alguns exemplos de interesses que devem ser excluídos do seu currículo:

  • Ouvir heavy metal
  • Criar cobras e aranhas
  • Comer croissants de chocolate
  • Engatar mulheres/homens
  • Envolver-se em práticas de BDSM
  • Jogar videojogos
  • Sair à noite
Crie o seu currículo em 15 minutos
Crie o seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais e testados, que seguem exatamente as “regras de currículo” dos recrutadores.
Criar o meu currículo
Partilhe este artigo
Continue a ler
Ajuda para o Currículo18 min. de leitura
Europass CV: prós e contras da criação de um currículo europeu
Europass CV: prós e contras da criação de um currículo europeu
Ajuda para o Currículo26 min. de leitura
Objetivos do currículo (+ 15 exemplos)
Objetivos do currículo (+ 15 exemplos)
Ajuda para o Currículo13 min. de leitura
Competências essenciais: O que são e como devem constar de um currículo?
Competências essenciais: O que são e como devem constar de um currículo?
Carreira11 min. de leitura
Como escrever uma carta de demissão (com exemplos e modelos)
Como escrever uma carta de demissão (com exemplos e modelos)
Pesquisar Todos
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador e para efeitos de analítica e de marketing. Ao utilizar o nosso website, autoriza todos os cookies em conformidade com a nossa Política de Cookies e Política de privacidade.
Aceitar Cookies