1. Blogue
  2. Entrevista de Emprego
  3. Como escrever uma carta de apresentação sem experiência
Escrito por Anna MuckermanAnna Muckerman

Como escrever uma carta de apresentação sem experiência

20 min. de leitura
Como escrever uma carta de apresentação sem experiência
Se não tem muita experiência na área à qual se está a candidatar, escrever uma carta de apresentação pode parecer uma tarefa difícil. Embora possa sentir a tentação de apresentar a sua candidatura sem uma carta de apresentação, isso seria um grande erro.

Uma carta de apresentação ponderada é uma das melhores vantagens que pode ter para mostrar a um recrutador que a sua falta de experiência não é um problema. Isto porque uma carta de apresentação é uma ferramenta que lhe permite explicar as suas motivações, pontos fortes e objetivos, mesmo sem experiência. Encare essa página em branco como uma oportunidade para iniciar a sua história sobre o motivo pelo qual merece uma oportunidade.

Neste blogue, vamos abordar todos os aspetos da escrita de uma carta de apresentação sem experiência, incluindo:

  • O que colocar na carta de apresentação ao candidatar-se ao seu primeiro emprego
  • Como utilizar os seus traços de personalidade e competências transferíveis a seu favor
  • Um modelo para formatar uma carta de apresentação sem experiência
  • Os nossos excelentes exemplos de cartas de apresentação para cargos de iniciantes

No final deste guia, apresentamos várias cartas de apresentação para candidatos inexperientes, mas poderá sempre consultar a nossa considerável biblioteca de exemplos de cartas de apresentação gratuitas para se inspirar. Dê uma vista de olhos às cartas de apresentação do seu setor; consegue copiar as qualidades pessoais partilhadas? Talvez esteja a escrever uma carta de apresentação sem experiência, mas é quase certo que consegue encontrar outras áreas da sua vida em que estas qualidades são evidentes. Não existe uma carta de apresentação sem experiência.

Dica profissional

É possível conseguir um primeiro emprego sem uma carta de apresentação?

Muitas pessoas conseguem os seus primeiros empregos sem escrever uma carta de apresentação (ou um currículo), mas a questão aqui pode ser diferente. Poderia ser algo do género:

"Terei mais hipóteses de conseguir o meu primeiro emprego se escrever uma carta de apresentação sem experiência?"

Depende da forma como foi escrita! Se fizer um bom trabalho, então as suas hipóteses de conseguir o cargo serão claramente maiores. Por que não haveria de querer ter essa vantagem adicional? Toda a gente começa por algum lado. Por que não arriscar e tentar? - 

Escrever uma carta de apresentação para o seu primeiro emprego

Uma das situações mais comuns em que os candidatos a emprego têm de escrever uma carta de apresentação sem experiência é quando estão a candidatar-se ao seu primeiro emprego. Se for esse o caso, é importante não esquecer que toda a gente começou por algum lado e, embora pareça não ter nada a dizer na sua carta de apresentação, isso não podia ser mais errado!

Em vez de falar das suas experiências profissionais anteriores, uma carta de apresentação para o seu primeiro emprego deve centrar-se na sua vontade de aprender e nas características da sua personalidade que o tornam perfeito para a função. Por exemplo, se espera conseguir um emprego como anfitrião num restaurante, a sua carta de apresentação deve transmitir uma personalidade alegre, paciência, eficiência e vontade de ajudar os outros. Tente pensar em iniciativas de voluntariado ou atividades académicas que lhe tenham permitido demonstrar estas competências de forma concreta. Em seguida, mencione-as na sua carta de apresentação e associe-as às exigências da função que foram partilhadas na descrição da vaga.

A carta de apresentação deve conter uma dose saudável de humildade; se não tem experiência, não deve agir como se pudesse conquistar o mundo. A verdadeira autoconfiança vem de experiências passadas, de forma que, embora possa não ter as especificidades exigidas para a função, pode recorrer a outras experiências semelhantes.

Aqui fica um exemplo adaptável de como o fazer:

"Apesar de a posição de rececionista na Casa dos Bifes poder vir a ser a minha primeira experiência de trabalho num restaurante, acredito que a minha atitude positiva, as minhas capacidades de atendimento ao cliente e a minha eficiência fariam de mim uma excelente aquisição para a equipa.

Como voluntária no projeto Refeições sobre Rodas, estou habituada a atender chamadas, agendar entregas e falar com os clientes durante as entregas. Acredito que a paciência e as competências de comunicação necessárias para este trabalho podem ser transferidas para as minhas funções de anfitriã."

Copiado!
Dica profissional

Os cargos para iniciantes precisam de uma carta de apresentação? 

Consideramos que uma carta de apresentação é ainda mais importante para as funções de iniciação do que para os profissionais mais experientes. As cartas de apresentação servem para transmitir a sua personalidade e as suas motivações de uma forma espontânea, pelo que esta é uma excelente maneira de convencer o recrutador de que a falta de experiência é irrelevante. Os recrutadores estarão definitivamente mais dispostos a ler uma carta de apresentação sem experiência, pelo que não se preocupe se o seu currículo estiver um pouco vazio. Dedique-se de corpo e alma à sua carta de apresentação. O seu currículo pode parecer um bocado vazio, mas se não tiver nada a dizer sobre si numa carta de apresentação, como é que vai preencher 60 minutos de entrevista com energias positivas? Nenhum recrutador deseja sentar-se com alguém que não tem nada a dizer.

Outro aspeto a abordar ao escrever uma carta de apresentação sem experiência para o seu primeiro emprego é a origem do seu interesse ou paixão pela área. Um recrutador provavelmente não espera que seja empregado de balcão para o resto da vida, mas se conseguir mostrar que se interessa pela ciência de fazer um bom café (ou, pelo menos, que gosta de o beber), já estará à frente dos candidatos que procuram apenas um emprego de nível básico. Eles sabem que vai manter-se por perto durante mais tempo se se interessar, e a retenção e o desenvolvimento de novos funcionários é uma das suas principais considerações. Uma declaração de motivação convincente no início da sua carta de apresentação irá definir o tom para o resto. Pode não ter experiência, mas isso não significa que não deve ter esperança.

Confira este exemplo de como comunicar o seu interesse:

Como estudante de Direito na Universidade do Porto, não é de admirar que o café se tenha tornado numa parte importante da minha rotina. Nos últimos dois anos, comecei a apreciar a arte do bom café e até passei algum tempo a pesquisar e a investir em métodos de preparação de café caseiros. Acredito que o meu amor pela preparação da bebida perfeita, juntamente com a minha atitude positiva e a minha vontade de aprender fazem de mim um excelente candidato para o cargo de empregado de balcão a tempo parcial no Campus Café.

Copiado!

Carta de apresentação sem experiência nessa área específica

Outra situação com que se pode deparar em algum momento da sua carreira é tentar escrever uma carta de apresentação sem experiência numa área específica. É possível que isso aconteça se estiver prestes a fazer uma mudança de carreira, especialmente uma para a qual não se preparou.

Tal como anteriormente, escrever uma carta de apresentação pode parecer impossível, mas na verdade é a chave para mostrar a um gestor de contratação que tem o que é preciso, mesmo sem a experiência concreta no seu currículo. Deve começar por destacar as suas competências transferíveis. As pessoas mudam de ramo constantemente e não vai ser o único candidato com um currículo "diferente" do esperado. Os recrutadores estão habituados a ler nas entrelinhas.

Procure exemplos da sua experiência anterior em que tenha demonstrado as mesmas qualidades ou competências essenciais exigidas na área a que se está a candidatar. Por exemplo, se trabalhava como empregado de mesa num restaurante, mas pretende uma posição no serviço de atendimento ao cliente, a sua capacidade de responder a perguntas, memorizar informações sobre produtos e organizar o seu tempo de forma eficiente são excelentes competências transferíveis que mostram como se adaptaria rapidamente à nova função. 

Aqui fica um exemplo adaptável baseado nesse cenário:

Agente de Atendimento ao Cliente ainda nunca foi o meu título oficial de trabalho, mas foi sempre o cerne do que faço. Como empregado de mesa numa das marisqueiras mais movimentadas da cidade, pratiquei a minha capacidade de prestar um serviço educado e simpático. Responder a perguntas, explicar os pormenores dos produtos e ajudar cada cliente de forma eficiente são os meus pontos fortes e creio que são competências-chave que me permitem adaptar-me rapidamente à função de atendimento ao cliente.

Copiado!
Dica profissional

Como escrevo uma carta de apresentação rapidamente? De facto, poderá demorar mais tempo a redigir uma carta de apresentação sem qualquer experiência do que uma carta de apresentação em que vai escolhendo os vários capítulos do seu percurso profissional. Quando não tem muito a dizer poderá dizer qualquer coisa, pelo que o que disser será analisado em pormenor. Analise as qualidades pessoais exigidas na descrição da oferta de emprego e elabore a sua carta de apresentação com base nessas qualidades. Apesar de ter uma experiência mínima em qualquer emprego, cada carta de apresentação deve ser adaptada às diferentes experiências exigidas. Não é uma tarefa fácil, mas vai valer a pena quando conseguir o seu primeiro emprego. Cada carta de apresentação sem experiência deve ser especificamente redigida para a função, pelo que deve adaptar a sua experiência da melhor forma possível. O recrutador vai aperceber-se do esforço e da atenção que lhe dedicou.

Carta de apresentação para um estágio sem experiência

Não se espera dos estagiários que tenham experiência direta, mas espera-se deles um interesse pelo setor e algumas competências transferíveis para a função. Uma carta de apresentação de um estagiário com pouca experiência deve centrar-se na formação académica e naquilo que a função lhe trará a si e à sua futura carreira. As entidades empregadoras gostam de contratar jovens profissionais que se encontrem numa trajetória de crescimento. Ao crescer, a empresa cresce consigo.

Muitas empresas contratam estagiários para lidarem com os aspetos mais rotineiros de várias funções, no entanto, quando se encontra rodeado de profissionais de topo, alguma da sua experiência acaba por passar para si. Não seja demasiado ambicioso na sua carta de estagiário, já que não vai conquistar o mundo logo no primeiro dia. Seja humilde e mostre que está pronto para enfrentar o trabalho árduo.

Uma carta de apresentação de um estagiário sem experiência deve refletir paixão e lógica em igual medida. Deverá justificar por que razão merece aquele lugar mais do que muitas outras pessoas; no final de contas, a sua contratação não deixa de ser uma decisão empresarial. Como última observação, demonstre que tem a capacidade de aprender e de aceitar rapidamente novas informações. 

Exemplo

Como estagiário na InteliMedia, levarei para a vossa equipa uma criatividade destemida e uma perspetiva jovem. Há muito que procuro uma oportunidade de me envolver no setor dos meios de comunicação e integrar a InteliMedia dar-me-ia a oportunidade de aprender com as melhores mentes do ramo de relações públicas. O meu diploma em Línguas e Literatura e Escrita Criativa está longe de ser apenas um grau académico, pois a escrita é a minha paixão. Entre outros desafios, espera-se que os estagiários analisem a cobertura da imprensa, façam a gestão das campanhas das redes sociais dos seus clientes e escrevam artigos de imprensa apelativos. Foi exatamente isso que fiz durante o meu estágio na universidade e gostaria de ter a oportunidade de desenvolver as minhas competências.

Copiado!

Carta de apresentação para um emprego de professor sem experiência

É totalmente possível candidatar-se à maioria dos cargos sem experiência, mas as suas probabilidades de obter uma resposta variam consoante o cargo. Existem muitas profissões, como a de empregado de mesa, assistente administrativo ou segurança, que não exigem experiência para quem está a começar, mas poderá surpreender-se com o número de outras profissões que permitem começar com pouca ou nenhuma experiência.

Um professor estagiário, por exemplo, que ainda esteja a estudar, precisa de ganhar experiência numa sala de aula real. Sim, poderá não ter qualquer experiência no primeiro dia, mas passado um mês será um especialista!

Exemplo

Agora que estou a iniciar o meu curso como professora, procuro uma oportunidade para dar aulas de inglês de nível básico e intermédio. Sou falante nativa de inglês e já dei aulas de inglês na minha comunidade local. A minha paixão pelo ensino das línguas começou quando a minha família se mudou para Portugal quando eu tinha quatro anos e o meu pai me ensinou português. Achei a mecânica da linguagem fascinante e, desde então, tornei-me numa linguista entusiasta. Dei aulas de andebol num clube local a jovens entre os 12 e os 15 anos e gosto de contribuir para o desenvolvimento de jovens adultos.

Copiado!
Dica profissional

Como escrevo uma carta de apresentação simples?

É perfeitamente aceitável que a sua carta de apresentação sem experiência seja um pouco mais curta do que uma carta de apresentação normal. Limite-se às suas competências relevantes e transferíveis, às suas motivações para a função e ao motivo pelo qual este emprego se enquadra nas suas ambições profissionais. Os empregos de nível iniciante são, frequentemente, trampolins para coisas maiores, mas tem de demonstrar que, durante esses primeiros anos, está disposto e é capaz de dar tudo por tudo.

Carta de apresentação sem experiência, mas com vontade de aprender

Escrever sobre a sua vontade de aprender é sempre uma boa ideia ao escrever uma carta de apresentação sem experiência. Geralmente, funciona melhor para funções de nível iniciante, nas quais os recrutadores têm o hábito de ensinar principiantes motivados. No entanto, se estiver a candidatar-se a uma função mais importante, pode considerar dar exemplos claros de ocasiões em que provou a sua capacidade de aprender rapidamente e durante o trabalho. Terá de provar o seu valor em relação aos candidatos que já têm alguma experiência, destacando os traços de personalidade que o fazem sobressair.

Aqui tem um modelo de carta de apresentação que lhe permite mencionar a sua vontade de aprender:

seu nome

seu número de telefone

seu endereço de email

seu endereço de LinkedIn e/ou outras redes sociais relevantes

 

Data

 

Nome da entidade empregadora

Endereço de correio da entidade empregadora

 

Caro(a) [nome do(a) recrutador(a)]

É com entusiasmo que me candidato à posição de (nome do cargo) na (nome da empresa). Quando soube da vaga via (local onde soube da vaga), percebi que era o emprego certo para mim, tendo em conta as minhas (competências, interesses, outras razões que explicam o seu interesse).

Como (cargo de voluntário anterior ou outro), fui capaz de (competência ou experiência adquirida) de forma a (resultado alcançado). Acredito que as minhas (competências relevantes) fazem de mim o candidato ideal para o posto e vão permitir-me trazer (exemplos do que pode oferecer à empresa).

Embora esta possa vir a ser a minha primeira experiência profissional como (título do cargo), já demonstrei a minha capacidade de aprender rapidamente e de me adaptar a várias tarefas como membro de (função anterior). Aí, fui capaz de (o que realizou) em apenas (período de tempo) após me ter dedicado à tarefa e pedido ajuda a colegas mais experientes sempre que necessário.

Gostaria de aproveitar a oportunidade de colocar as minhas (competências ou características relevantes) ao serviço da (nome da empresa) e espero poder falar consigo num futuro próximo. Poderá contactar-me através de (telefone) ou (e-mail). Agradeço a sua consideração e aguardo com expetativa o seu contacto brevemente.

 

Atenciosamente,


seu nome

Copiado!
Dica profissional

Utilize sempre o nome do recrutador e nunca use a expressão "A quem possa interessar" na sua carta de apresentação. Caso não consiga encontrar o nome do recrutador, experimente o LinkedIn ou telefone para a empresa. Esse telefonema também pode ser utilizado para fazer quaisquer perguntas que possa ter para melhorar a sua candidatura.

Principais erros a evitar numa carta de apresentação sem experiência

Se não tiver experiência para incluir na sua carta de apresentação, tem de se esforçar um pouco mais para mostrar ao recrutador por que razão deve arriscar em si. Não deixe que estes três erros comuns atrapalhem essa mensagem. 

  1. Má formatação: Uma formatação profissional pode compensar em muito a experiência que lhe falta. Certifique-se de que a sua carta de apresentação inclui um cabeçalho bem organizado, com o seu nome e informações de contacto. Um toque de cor também poderá ajudar a criar uma apresentação apelativa.
  2. Erros de ortografia e gramática: Estes pequenos erros podem custar-lhe muito se o recrutador considerar que não tem concentração ou atenção suficiente aos detalhes para a vaga. Felizmente, pode evitar estes erros com a verificação ortográfica ou pedindo a um amigo para fazer a revisão.
  3. Carta de apresentação genérica: Mesmo não sendo um especialista na área, deverá ter uma ideia dos seus objetivos e interesses. Uma carta de apresentação genérica enviada a vários recrutadores revela precisamente o contrário. Para evitar parecer desesperado por um emprego qualquer, deve adaptar cada carta de apresentação à empresa e ao cargo ao qual se está a candidatar, utilizando detalhes da descrição do cargo.
Dica profissional

Acertar no tamanho da sua carta de apresentação é uma boa maneira de aumentar a sua credibilidade profissional. De um modo geral, uma boa carta de apresentação deve ter entre 200 e 400 palavras. Se escrever menos corre o risco de não transmitir todos os seus pontos fortes; se escrever mais pode acabar por perder a atenção do recrutador. Lembre-se, uma carta de apresentação nunca deve ter mais de uma página.

Conclusões principais

Se vai candidatar-se a um emprego adequado (uma pessoa sem experiência não se candidata a diretor executivo), é provável que esteja à frente de outras pessoas com experiência mínima. Não deixe que a sua falta de experiência o impeça de escrever uma carta de apresentação extraordinária. Siga os conselhos deste blogue e terá boas hipóteses de falar sobre as suas paixões e motivações numa entrevista.

  • Procure uma forma de justificar o seu potencial com base nas suas experiências passadas.
  • Mostre que está disposto a aprender e que é capaz de reter conhecimentos.
  • Mostre a sua compreensão da função e que está disposto a empenhar-se nela.
  • Não se menospreze: falsa humildade não leva a lado nenhum.
Crie o seu currículo em 15 minutos
Crie o seu currículo em 15 minutos
Use modelos de currículo profissionais e testados, que seguem exatamente as “regras de currículo” dos recrutadores.
Criar o meu currículo
Partilhe este artigo
Continue a ler
Ajuda para o Currículo4 min. de leitura
Listar os seus interesses no currículo
Listar os seus interesses no currículo
Carta de Apresentação16 min. de leitura
Como formatar uma carta de apresentação em 2024: exemplos e dicas
Como formatar uma carta de apresentação em 2024: exemplos e dicas
Carreira17 min. de leitura
Os empregos mais bem pagos e como consegui-los
Os empregos mais bem pagos e como consegui-los
Ajuda para o Currículo4 min. de leitura
Como fazer um currículo para um primeiro emprego
Como fazer um currículo para um primeiro emprego
Pesquisar Todos
Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador e para efeitos de analítica e de marketing. Ao utilizar o nosso website, autoriza todos os cookies em conformidade com a nossa Política de Cookies e Política de privacidade.
Aceitar Cookies